SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS

Antes de tudo, gostaria que consultassem o meu livro Mirações do Celeste. Para saber mais sobre as fontes empregadas nas traduções, veja o artigo Fontes para se estudar a China.

Cheng, A. História do pensamento chinês. Rio de Janeiro: Vozes, 2009. - Anne Cheng é uma das mais conceituadas sinólogas em atividade, e sua História do pensamento chinês é uma das principais obras da atualidade.

Gernet, J. O mundo chinês. Lisboa: Cosmos, 1979. - Um dos melhores manuais já escritos em todo mundo sobre a História chinesa, cobrindo desde a antiguidade até a década de 70. Abrangendo vários aspectos da cultura e da história chinesa, sua leitura é fundamental.

Guerra, J.J. Livro dos cerimoniais (Liji). Macau: Jesuítas Portugueses, 1983. - O Padre J. Guerra foi um dos poucos sinólogos portugueses que dominou com maestria a língua chinesa, dedicando-se a traduzir os clássicos confucionistas. As Quadras de Lu é o outro título das Primaveras e Outonos, de Confúcio. Este mesmo autor produziu traduções memoráveis da obra de Confúcio, embora pouco divulgadas, que são: Quadrivolume de Confúcio (contendo os textos básicos desta escola), Mâncio (Mengzi), Escrituras Seletas (Shujing), Livro dos Cantares (Shijing), Tratado das Mutações (Yijing), além de um dicionário de chinês e um sistema de transliteração universalista da língua chinesa, que infelizmente não vingou.

Jopert, R. O Alicerce Cultural da China. Rio de Janeiro: Avenir, 1979 - R. Joppert é um dos poucos sinólogos de língua portuguesa com uma formação completa na área. Seu livro é um excelente manual de introdução à cultura chinesa antiga, abrangendo aspectos diversos do pensamento, arte e cultura material. Leitura fundamental.

Morton, W. S. China – História e Cultura. RJ: Zahar, 1986 - Excelente manual de introdução a História da China. Um bom guia para os que estão começando seus estudos em sinologia.

Spence, J. Em Busca da China Moderna. SP: Companhia das Letras, 2000. - J. Spence é, também, um dos maiores sinólogos da atualidade, navegando pela história cultural chinesa em seus períodos mais recentes. Neste livro, o autor faz uma apresentação vasta sobre o panorama da história chinesa nos últimos séculos.

Vandermeersch, L. e Mirabel, J. Sabedorias Chinesas. Lisboa: Instituto Piaget, 2003. – pequeno, porém excelente livro de introdução a cultura chinesa.

Yutang, L. Sabedoria da Índia e China (2v.) RJ: Pongetti, 1959. - Indispensável coletânea de textos clássicos chineses e indianos. Alguns cuidados, porém, devem ser tomados com a tradução.

Yutang, L. A Importância de Compreender. Rio de Janeiro: Globo, 1962. – do mesmo gênero da anterior, mas organizada em temáticas.

Ligações importantes
Guoxue – Fontes em Chinês.
Textos Clássicos Chineses – Fontes da Antiguidade chinesa, em português.
Chine Ancienne – Fontes da china, traduzidas para o Francês.
Sisabianovenia - Página inspiradora de José Maria Galan.

2 comentários:

  1. Oi, André,

    Estou escrevendo um livro e, para tocar adiante certo capítulo, iniciei estudos sobre determinado território e período da China, o que implica, claro, saber muito mais do que vou usar no tal capítulo.

    Essa bibliografia recomendada, bem como os muitos artigos de sua autoria presentes na página "Fontes para se estudar a China", serão fundamentais para o meu estudo.

    Muito obrigada por jogá-los na rede para quem precisar. São de valor inestimável.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Ola Andre!
    Primeiro quero agradecer a oportunidade de acessar esse enorme material sobre a China. Sou curiosa da cultura e cada vez mais tenho me enveredado por ela.
    Gostaria de poder consultar e participar do seu blog e espero ter a honra do convite.
    Aprecio seu trabalho como sinologo e espero chegar çonge em minha curiosidade.
    Abracos.
    Regina Martins

    ResponderExcluir